Serra da Moeda - MG

O Blog

O objetivo do Blog é simplesmente escrever, não estou almejando ser lida, nem seguida, nem acessada várias vezes. Simplesmente quero escrever. E que todos que passarem por aqui levem sempre uma "coisinha" boa, uma idéia, uma dica, uma frase, uma imagem, ou uma palavra apenas...

Gostaria de lembrar que um blog é uma opinião pessoal, um ponto de vista. Sei que nem sempre agradarei a todos, mas com certeza, a intenção sempre será a melhor possível!

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Catas Altas


E aqui vai mais uma sugestão para quem está em BH e região e quer fugir um pouco da rotina, pode ser em um fim de semana normal ou um feriado prolongado para descansar. Pela BR381 são 120km, mas a estrada é perigosa, não é todo mundo que gosta de passar por ela. Outra opção é ir pela BR040, Ouro Preto e Mariana, o caminho é mais longo, mas é melhor e mais bonito.


E para quem está longe, e uma viagem em um fim de semana ficaria muito apertada, saiba que a cidade e o Santuário do Caraça fazem parte da Estrada Real. Então dá para tirar uns dias de férias e conhecer uma parte da Estrada Real.


Chegamos em Catas Altas na sexta a noite, aproveitamos para conhecer o restaurante La Viola, que foi indicado como um dos melhores de lá, e aprovamos.




Gostei tanto, que no sábado, comemorei meu aniversário lá mesmo. Tudo muito bom, comidas, bebidas e música ao vivo!




Lugar super agradável, comida delícia e uma carta de cervejas de dar água na boca de qualquer cervejeiro!





Atendimento nota 10, e tomei uma caipi frutas vermelhas com nutella, que é quase uma sobremesa. Muito boa, mas como é doce, só dá para beber uma!



Não há tanta coisa pra se ver por lá, é muito mais uma viagem para descansar, aproveitar um friozinho, pois a cidade fica no pé da Serra do Caraça. Aliás, minto, se você é adepto do ecoturismo, tem muita coisa para se fazer por lá. Lindas estradinhas, cachoeiras, picos e o Santuário do Caraça, que fica a 37km.




Como o objetivo da nossa viagem era descansar, fizemos só o que estava pertinho mesmo da gente. A Caminho de Pedras oferece passeios de quadriciclos, mas infelizmente, não tinha mais disponibilidade (e eu tentei reservar com antecedência, hein). Portanto, fica a dica, se quiser fazer o passeio de quadriciclo, reserve o quanto antes.



O povoado foi fundado no século XVII e foi muito importante na época do Ciclo do Ouro. Seu nome se deve aos garimpos, que também eram chamados de catas, que ficavam no alto das suas serras. O povo dizia: "As catas estão altas", o que provavelmente virou, Catas Altas.



A cidade é bem pequena, de acordo com o último censo do IBGE, possui pouco mais de 5.000 habitantes. Mas isso dá a ela uma tranquilidade e um charme todo especial.



Como já disse lá em cima, entre seus principais atrativos estão as cachoeiras, mas infelizmente, dessa vez, não fui a nenhuma. Mas você pode ler sobre as cachoeiras aqui.

Foto retirada de www.catasaltas.mg.gov.br

Foto retirada de www.turismo.catasaltas.mg.gov.br
Outros atrativos são a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição e a Capela de Santa Quitéria. A Igreja Matriz foi construída no século XVIII, na segunda fase do barroco, mas está inacabada até hoje. Em seu interior há obras atribuídas a Aleijadinho, mas não consegui averiguar a veracidade dessa informação.



A outra igrejinha que é cartão postal da cidade é a Capela de Santa Quitéria, que tem ao fundo a Serra do Caraça. Ela é linda, mas estava fechada, na verdade, eu acho até que ela está é abandonada. Não consegui muita informação sobre ela, mas como ela me lembrou muito a Igreja de Nossa Senhora do Ó, em Sabará, acredito que ela também tenha sido construída no século XVIII, em estilo barroco.




Também fomos conhecer o Bicame de Pedra, mas fomos de carro, pois são 10 Km do centro da cidade até lá. Na verdade, o que se tem hoje são ruínas do que foi um dia um grande aqueduto de pedra, que tinha a função de abastecer a cidade e a mineração.



A construção data de 1792 e só sobrou uns 100 metros do monumento, há um portal e uma escadaria, e subindo por ela, você consegue uma bela vista da Serra e das fazendas ao redor.



No domingo antes de irmos embora, aproveitamos para conhecermos o Bistrô Cateretê, como já tínhamos almoçado, aproveitamos para comer a sobremesa lá. E estava tudo divino!



Mas depois de ler o cardápio, arrependi de não ter almoçado por lá também! Todos os pratos me soaram bem apetitosos!




Ficamos hospedados na Pousada Solar dos Guarás e super indico! Pousada  rústica, simples, mas super aconchegante e bem localizada!


Ótima para ir de casal ou com turma! Café da manhã simples, mas nos atendeu perfeitamente!



Alguns quartos têm vista para a Serra do Caraça, coisa mais linda! Dica: não fiquem nos quartos muito próximos ao portão, pois eles têm sensor de entrada e pela manhã bem cedo ele já anuncia a chegada dos funcionários.


Vista do nosso quarto
Mas o principal ponto turístico da região é o Santuário do Caraça, que será o assunto do próximo post. Até lá.


Bjim!
Fotos: @simonecmedeiros

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Restaurant Week 2016

Acontecerá em Belo Horizonte, de 11 de abril a 01 de maio, o Restaurant Week. O evento, um dos maiores eventos gastronômicos do mundo,  teve início em Nova Iorque há 24 anos, chegou no Brasil há 10 anos e pela 12ª vez acontece na capital mineira.

Foto meramente ilustrativa

Restaurant Week é um sucesso por onde passa, alguns restaurantes “badalados” das cidades, oferecem entrada, prato principal e sobremesa a um preço único e bem abaixo do valor cobrado usualmente. Em Belo Horizonte, nesta edição, os valores serão R$ 39,90 pelo almoço e R$ 51,90 pelo jantar (bebidas, couvert e serviço não estão inclusos).

Nesta edição tem uma novidade, o menu Kids, por R$ 24,90.

Foto meramente ilustrativa
Abaixo, algumas observações sobre o evento:

  1. Entrem no site do evento para conhecer os detalhes e os restaurantes participantes.
  2. Façam reservas, os restaurantes costumam ficar lotados.
  3. Tentem ir mais no início da semana, os restaurantes são mais vazios e o atendimento é melhor.
  4. Os clientes poderão doar R$ 1,00 para uma instituição. A instituição dessa edição é a Associação Mineira de Reabilitação.
No mais, aproveitem para conhecer restaurantes novos, novos sabores e prestigiar os que já conhecem. E de quebra, ainda fazer a boa ação do dia!

Foto meramente ilustrativa
Bjim!

sábado, 9 de abril de 2016

Um ano novo pela frente!!!

Como já está virando tradição, costumo agradecer as felicitações de aniversário com um texto, e neste ano, não será diferente. (Quer ler os anteriores? Clique aqui e aqui).

Devo admitir que fiquei muito na dúvida do que escrever, pensei até em escrever sobre a falta de respeito e empatia que as pessoas estão tendo com as outras. Pois estou realmente assustada com o que ando lendo sobre política, ou sobre preconceitos, sejam raciais, sexuais ou sociais... Mas isso não tem nada que ver com aniversário e todo mundo já está cansado de tudo isso, eu, pelo menos, estou.

Foi quando vi uma frase que serviu de inspiração: “Daqui a um ano, você vai desejar ter começado hoje”!

E essa é a minha mensagem para vocês, quer fazer algo, comece hoje! Seja a aprender um novo idioma, ou a tocar um instrumento musical, começar um curso, dar início a uma vida mais saudável... Enfim, comece hoje e daqui a um ano, tenho certeza que você estará orgulhoso.

Quer fazer a viagem dos sonhos daqui a um ano? Comece a se planejar hoje, guarde dinheiro (faça um planejamento de quanto você precisa guardar por mês), leia sobre o destino, sobre a cultura do lugar, a culinária... Uma das coisas boas de se viajar é o preparativo para viagem!

Quer rever amigos que mesmo estando longe, você sabe que são amigos? Procure-os hoje, essa é uma bela função das redes sociais, seja Facebook, Instagram, LinkedIn ou outras...

Quando olhamos para a frente, um ano parece muito tempo, mas quando olhamos para trás, percebemos que ele passa voando...

Eu por exemplo, pretendo aprender um novo idioma e a tocar algum instrumento musical... Daqui um ano, dou notícias para vocês... Aliás, esses dois objetivos estão dentro de um projeto maior.

A maioria de vocês sabe que estou completando 38 outonos e que os 40 já estão aí, batendo na porta. Depois de ver muita gente fazendo aquelas listas de coisas para se fazer antes de morrer, decidi também fazer uma, mas ela se chama “40 antes dos 40”. São 40 coisas para se fazer antes de fazer 40 anos, mas isso é assunto para um outro post. Que logo estará aqui no blog.

Muito obrigada família e amigos (de perto, de longe e virtuais), pelas mensagens lindas, carinhosas e os desejos de paz, amor, saúde, alegrias e sucesso... Que tudo que me desejaram, volte para vocês.

Vocês fizeram o meu dia mais feliz!!!

Mas me contem aí, e vocês? O que querem ter feito daqui a um ano?


Foto: @simonecmedeiros


Bjim!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Boas Festas e um lindo 2016!!!

Enfim, eis o que posso dar a vocês amigos, algumas palavras, espero que na correria do fim de ano, vocês consigam uns minutinhos para ler!


"Cortar o tempo

Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial.
Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão. Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente."

De todos os textos que conheço sobre o fim do ano, este é um dos meus preferidos. Não sei quem é o autor. Na internet atribuem este texto a Drummond, mas não é dele. E o motivo dele ser um dos meus prediletos é justamente a esperança que ele nos traz... Que o próximo ano será diferente e melhor!

Amo o Natal, amo as confraternizações que o fim de ano traz...

Sempre escuto opiniões divergentes sobre essa época do ano... Pessoas que adoram e pessoas que não gostam. E não gostam por diversos motivos, e sinceramente, não consigo concordar com quem não gosta...

Não gostam porque se sentem sozinhos, alguns dizem... Poxa, essa é a época do ano que as pessoas estão mais receptivas e tenho certeza que, se você realmente quiser companhia, você encontrará... Olhe eu aqui!


Não gostam porque estão cansadas da hipocrisia das pessoas, dirão outros... Não conversam durante o ano todo e no fim de ano são só sorrisos para os outros... Infelizmente, tenho que dizer para você, falsos e hipócritas existem desde que o mundo é mundo e continuarão existindo... Cabe a você ter maturidade para lidar com essas pessoas e com o que elas representam em sua vida!

Não gostam porque ficam tristes pelos que já se foram... Você realmente acha que aqueles que já se foram gostariam de te ver triste? Sentir saudades sim, mas tristeza não... E ao invés de focar nos que se foram, que tal prestar atenção aos que estão chegando? A vida está sempre se renovando...

Não gostam, pois enquanto estão em casa, confortáveis, confraternizando, sabem que pessoas estão ao relento e passando fome... Sendo sincera, você não vai conseguir resolver os problemas de todo mundo e se isso realmente te incomoda, faça uma cesta de Natal para uma família necessitada... Doe brinquedos para instituições que têm crianças para adoção... Doe seu tempo para idosos que estão esquecidos em asilos ou para doentes sozinhos em hospitais... E te dou certeza, que esse sentimento não existirá mais... Pois mesmo que você não tenha resolvido o problema, você fez diferença na vida de alguém!

Enfim, Natal e fim de ano para mim é isso, renascimento e esperança de que seremos melhores no próximo ano, e assim, o mundo também se tornará melhor!


Feliz Natal a todos os meus amigos! E um 2016 ‘tudibão’!!!

Bjim!

Fotos: @simonecmedeiros